Please reload

Posts Recentes

Da autenticidade à imbecilidade

August 8, 2016

 

Gabriel Araújo Marins Rodrigues, 20 anos e a possibilidade de uma carreira promissora no meio musical. As redes sociais que impulsionaram a carreira do jovem paulistano ironicamente também estão ajudando a espalhar as notícias negativas em torno da imagem de MC Biel.


As polêmicas em torno do funkeiro retratam muito das dinâmicas sociais que se estabeleceram com o advento e crescimento das mídias digitais. O caso ganha maior repercussão por se tratar de uma figura pública, mas a verdade é que todo mundo conhece em seu ciclo de amizade alguns ou algumas "Biel".


Com uma imagem construída em cima de um apelo sensual, que remetia também às letras das músicas e a própria aparência do cantor aliada ao seu jeito despojado, Biel já consolidava uma marca que poderia muito bem marcar o personagem e fazê-lo se destacar por sua autenticidade. No entanto, por falta de orientação ou vontade própria, sem perceber atravessou a linha tênue que separava a invejável autenticidade da tão desprezível imbecilidade.


Assim como Biel, muitas pessoas, protegidas pela tela do computador ou pela máscara de um personagem criado com o intuito de parecer alguém mais forte, descolado, independente ou qualquer adjetivo que se possa imaginar, ultrapassam a finíssima linha que divide aqueles que conseguem ser divertidos e interessantes com um humor ácido dos que causam vergonha e indignação aos demais por se portarem de maneira ignorante e hostil.

 

Hoje, as redes sociais permitem que as pessoas se expressem mais livremente, uma vez que não precisam de fato mostrar o rosto para se fazerem ouvir. Nesse cenário, muitos extrapolam em seu posicionamento afim de chamarem a atenção dos interlocutores e, sem noção das proporções que tais atos podem ganhar, de repente se vêem no meio de um furacão tal qual o funkeiro paulista se encontra hoje.


A tenra de idade de Biel, que muitas vezes tem sido usada como justificativa para seus atos, não se sustenta como tal uma vez que comportamentos semelhantes sejam praticados por indivíduos das mais variadas idades, credos e graus de instrução e refletem um pensamento retrógrado e preconceituoso sob os quais muitos, infelizmente, foram educados.


É evidente que, com o amadurecimento, as pessoas podem modificar sua maneira de pensar e agir e, assim sendo, não mais concordarem com o próprio comportamento de outrora que, ainda assim, ficará marcado em sua história devido aos antigos arquivos da web e essa é a razão pela qual tanto frisamos sobre a importância do cuidado com uma extrema exposição especialmente na web.


O que acontece hoje com o funkeiro serve de exemplo para tantos outros profissionais dos mais diferentes segmentos ou para qualquer usuário de rede social. Se hoje é Biel quem aparece nas manchetes dos jornais, amanhã pode ser qualquer outro que tropece e caia do lado errado da linha. 

Please reload

Please reload

Procurar por tags
siga nas redes sociais
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Snapchat Social Icon
  • Blogger Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon

© 2017 por Karla Ikeda - Criado com Wix.com

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Snapchat Social Icon
  • Blogger Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
Karla Ikeda
profissaofamoso@gmail.com
11 9 9537 0667 - São Paulo | SP 
siga a autora nas redes sociais: